Entenda aqui os pontos que vão ajudar você a se profissionalizar ainda mais como corretor e conquistar o seu espaço de destaque na nova conjuntura dos negócios.

Posicionamento: o que o corretor precisa fazer para ter um posicionamento do mercado? Antes de tudo, ele precisa definir um nicho, ou seja, em que segmento ele pretende atuar. Isso é muito importante porque tem corretor que anuncia de tudo, quer trabalhar com todos os tipos de imóveis e, no final, não vende nada.

Então, o primeiro ponto do seu posicionamento é responder à pergunta: qual é o seu mercado? Isso faz toda diferença. Por exemplo, o atendimento do “Minha Casa Minha Vida” é totalmente diferente do atendimento de um alto padrão, ou de um atendimento de loteamento.

Por isso, o posicionamento do mercado que você vai atender e o posicionamento da região onde você vai atuar são imperativos. Se você quiser abranger uma grande variedade de clientes, ou seja, não tiver um posicionamento claro e bem-definido, fica muito difícil trabalhar e obter bons resultados.

Boa apresentação: cuidar da sua apresentação profissional é fundamental para gerar confiabilidade e segurança para os clientes. Por isso é muito importante tomar cuidado com o que você posta nas redes sociais, com a imagem que você passa para as pessoas.

Da mesma forma, é preciso ser coerente na forma como você se veste e se apresenta pessoalmente para o cliente. Dependendo do seu posicionamento, sua vestimenta precisa se adequar. Por exemplo, não dá para você atender um cliente de alto padrão usando jeans rasgado e tênis. Você não vai se conectar com o nível de negociação a que ele está acostumado.

Estudar o mercado: estudar o mercado em que atua é uma das atitudes mais importantes para um corretor de imóveis. Por exemplo, é fundamental acompanhar as taxas de juros de financiamento que os bancos estão praticando, se existe alguma mudança na legislação relativa aos imóveis, e outras informações desse tipo. Se o cliente fizer uma pergunta e o corretor não souber responder, a negociação vai patinar, porque a confiança do cliente no corretor vai diminuir.

O corretor não pode ficar focado só no imóvel que está vendendo, sem conhecer o mercado ali à sua volta. Conhecer o mercado ajuda inclusive a entender melhor o que o cliente está buscando realmente.

É muito importante ter uma visão 360º do seu mercado, até mesmo para não deixar as oportunidades passarem. Você se posicionar e se especializar em um determinado público é algo bastante positivo, mas nem por isso você pode deixar de saber tudo o que está acontecendo no mercado.

Adquira agora mesmo “O Poder do Método”, a bíblia de sucesso do mercado imobiliário. Aprenda como multiplicar milhões! Acesse o link:

https://edgarueda.com.br/segredos-imobiliarios/ Edgar Ueda,  fundador da Neximob, empresa de inteligência imobiliária, palestrante e escritor best-seller dos livros, Kintsugi – O poder de dar a volta por cima, Desvendando a caixa-preta do sucesso e O poder do

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.