Ter um networking (uma rede de contatos) faz toda a diferença na vida de qualquer profissional que deseje crescer em sua área, e com o mercado imobiliário isso se potencializa ainda mais.

É o netwroking que te permite saber de novas oportunidades, construir uma autoridade, se lançar dentro do mercado, se reinventar… Sefundo Sergio Langer, “o networking vale mais que dinheiro. Quando você tem uma boa rede de relacionamentos, quando você pode chegar nas pessoas certas” e isso abre muitas portas novas que sozinho você não conseguiria descobrir.

Existe uma máxima que fala que “habilidade em vendas, vende, mas afinidade vende muito mais”. Ou seja, quanto mais você se relaciona com as pessoas, maior é a probabilidade e chance de ela falar um sim para você.

Mas, construir uma rede de contatos sólida não é tão fácil e simples quanto as pessoas pensam que é. Veja bem, ter um networking não se trata apenas de trocar cartão de visita ou adicionar uma pessoa no seu LinkedIn – é necessário reciprocidade, entrega e trabalho.

Para construir o meu networking eu usei e continuo usando três técnicas e hoje vou compartilhar com vocês quais são esses três elementos que fazem toda a diferença entre você ter contato com alguém e você realmente ter um networking que funciona.

1.     Exposição

Eu já tive 29 investidores, clientes, dentro das nossas empresas e nossos negócios, que eram de áreas diferentes. E isso só foi possível por haver exposição.

Então, quanto mais você está em visibilidade, participa de eventos, participa de coquetéis, participa de entidades de classe, participa de ambientes onde o seu possível cliente, parceiro ou pessoa que você tem interesse de se conectar, mais você conseguirá se aproximar dessas pessoas, conhecer pessoas diferentes, saindo de dentro da bolha na qual você está inserido.

2.     Frequência

Claro que apenas conhecer a pessoa, se apresentar, saber o nome dela e trocar cartões de visita não basta, né? Por isso que é necessário você ter frequência. Toda relação (e relações profissionais não escapam dessa regra) precisa de frequência, periodicidade, para que você conheça a pessoa, ela te conheça e ali se estabeleça outros sentimentos como admiração e confiança – elementos que são importantes para um networking sólido dentro de qualquer mercado.

3.     Intensidade

Se você participa de um café e aperta a mão de uma pessoa, é uma coisa, mas se você a chama para almoçar ou para fazer um churrasco, é outra coisa completamente diferente, não é?

Então, avalie a intensidade dos seus relacionamentos e contatos profissionais. Quais são as trocas feitas? O que você oferece? O que essa pessoa oferece a você? Avalie como isso gera uma intensidade no relacionamento e valorize as trocas que conseguem estreitar os laços dentro da sua rede de contatos.


Adquira agora mesmo “O Poder do Método”, a bíblia de sucesso do mercado imobiliário. Aprenda como multiplicar milhões! Acesse o link: https://edgarueda.com.br/segredos-imobiliarios/

Edgar Ueda, sócio fundador do Instituto Êxito,  fundador da Neximob, empresa de inteligência imobiliária, palestrante e escritor best-seller dos livros, Kintsugi – O poder de dar a volta por cima, Desvendando a caixa-preta do sucesso e O poder do método, Idealizador do Inside Imob, um dos maiores eventos de Inteligência Imobiliária da América Latina, idealizador do Podcast Inside Imob Cast.

Siga nas redes sociais: linkme.bio/edgaruedaoficial              

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.